Appenzeller

A Suíça é, como já dissemos aqui no Clube Paladar, um país cujas diminutas dimensões territoriais são um curioso contraponto a sua vasta coleção de queijos

Um dos mais suíços queijos suíços

Dentre seus queijos tradicionais, estão os famosos Gruyère e Emmental. São queijos que adquiriram grande fama mundial e hoje estão à venda em todos os continentes. Porém, há um queijo pouco conhecido por nós brasileiros, produzido no nordeste da Suíça, no coração da região mais alemã do país. Trata-se do delicioso Appenzeller, conhecido por ser um dos queijos mais condimentados do país.

Há mais de 700 anos o Appenzeller é produzido artesanalmente do mesmo jeito, utilizando sempre o processo idêntico, segundo as mais antigas tradições. Sua região de produção, o belíssimo e bucólico Appenzell, encontra-se nas proximidades do pico Santis, junto à fronteira com o Liechtenstein, um minúsculo principado localizado no centro da Europa.

Produzido com leite de vaca, ele passa por uma salmoura elaborada com uma combinação de diversas (e muitas) ervas nativas, uma receita mantida escrupulosamente em sigilo pelas sucessivas gerações que produzem esse queijo há nada menos de 400 anos nas colinas e montanhas do Appenzell. A salmoura de ervas fica em processo de maceração durante três meses.

A rígida delimitação da área de produção garante o caráter único deste delicioso queijo condimentado. Há diferentes estilos de queijos Appenzeller, sendo alguns mais suaves, outros mais adocicados, ou mais salgados, mais picantes, mais jovens ou mais envelhecidos. Os exemplares mais amadurecidos exalam aroma intenso e pungente que nem todos gostam. Retirada sua casca, o queijo revela grande complexidade aromática e gustativa. Se no sul da Suíça predominam as fondues elaboradas com diferentes combinações de queijos Gruyère, Vacherin e Emmental, em Appenzell a vedete da fondue não poderia ser outro queijo senão o pungente e condimentado Appenzeller.

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados