6 dicas para abrir seu vinho sem saca-rolhas

Se você não admite ficar com a garrafa cheia e a taça vazia porque não tem um saca-rolhas em mãos, seus problemas acabaram!

vinho-saca-rolhas

Eis uma situação difícil: ter uma garrafa de vinho na mão e não encontrar o saca-rolhas. Certamente, muitas pessoas já deixaram de provar da bebida de Dionísio diante dessa situação, mas brasileiro que é brasileiro não perde o jogo de cintura e usa a criatividade para driblar os problemas. Acredite: depois dessas dicas, você nunca mais ficará com a garrafa cheia e a taça vazia.

Mas, cuidado: saiba que todas as gambiarras abaixos oferecem também alguns perigos. Então, sempre que possível, prefira o antigo e clássico saca-rolhas. Vale ressaltar que, para todos os métodos abaixo, é preciso retirar o lacre da garrafa antes. Agora, sem mais delongas, vamos ao que interessa!

1. Sapato

(Fonte: 101 Truques de Cozinha/Superinteressante/Reprodução)

Apesar de essa técnica ter se tornado extremamente viral na internet, ela é de longe a mais difícil de todas. Mas se você só tiver uma garrafa de vinho e um sapato, vale tentar. A ideia aqui é utilizar a pressão a seu favor.

Primeiramente, encaixe o fundo da garrafa na parte de dentro do sapato onde fica o calcanhar. O formato que você precisa ver para ter certeza que está fazendo isso corretamente é um L: o sapato na horizontal e a garrafa na vertical. Depois disso, segure firme e bata o seu vinho contra uma parede repetidas vezes sem perder a posição nem utilizar muita força (o segredo é o jeitinho). A pressão do impacto, então, irá empurrar a rolha para fora. Tome bastante cuidado com esse método, pois, se utilizar força além da necessária, a garrafa irá quebrar e possivelmente o ferir. Uma boa dica para se prevenir é, como na imagem acima, usar luvas de proteção.

2. Prego e martelo

Uma caixa de ferramentas nunca lhe pareceu tão útil, não é mesmo? Pregue quatro pregos em fileira na rolha, deixando aproximadamente 1 centímetro sobrando. Então, encaixe a parte de trás do martelo, puxe e pronto! Aproveite seu vinho.

3. Parafuso, chave de fenda e martelo

(Fonte: 101 Truques de Cozinha/Superinteressante/Reprodução)

A lógica aqui é a mesma, mas as ferramentas são um pouco diferentes. Com a chave de fenda ou mesmo sua mão, rosqueie um parafuso na rolha. Após checar que ele está firme, encaixe a parte de trás do martelo e puxe. Mais uma vez: cuidado com a força! Se puxar de modo muito brusco, a garrafa pode escorregar e cair no chão.

4. Cabide

Não podemos afirmar que todos têm ferramentas em casa, mas todos têm roupas… E, provavelmente, cabides. Se esse for o seu caso (e tiver um cabide de metal, de preferência), preste bastante atenção. O primeiro passo é retirar o gancho do cabide — única coisa que iremos utilizar. Perfure a rolha com a parte reta do gancho e logo depois retire-o. Essa parte é essencial; afinal, se a pressão não for aliviada, você acabará tendo problemas na hora de soltar a rolha e quebrar seu vinho. Agora encaixe a parte curvada no furo recém-feito, segure firme e puxe a rolha para cima!

5. Chave

(Fonte: 101 Truques de Cozinha/Superinteressante/Reprodução)

Use uma chave que, caso entorte, não gere problemas para você — porque há um grande risco de isso acontecer. Insira a chave na rolha em um ângulo de 45 graus. Segure a garrafa com uma mão e, com a outra, a chave. Gire-as em sentidos opostos enquanto puxa a chave para cima. Faça isso até que a rolha saia.

6. Rolha para dentro!

(Fonte: 101 Truques de Cozinha/Superinteressante/Reprodução)

De todos, esse é o método mais polêmico. Você pode utilizar uma colher de pau ou algo parecido que seja firme e encaixe no gargalo da garrafa. Primeiramente, utilize um objeto pontiagudo para perfurar a rolha (para isso, facas caem como uma luva!). A ideia é que o furo permita a entrada de ar e alivie a pressão; então, quanto mais profundo o furo, mais facilidade você terá na próxima etapa.

Para finalmente liberar o vinho, segure a garrafa com firmeza e, utilizando o cabo da colher, empurre a rolha para dentro com cuidado (isso mesmo!). O fato de a rolha estar em contato com o vinho não causa nenhum prejuízo para a bebida; o único problema são pedacinhos de rolha que vão estar misturados nela — nada que uma peneira não resolva.

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados