Enoturismo no Paraná: 4 vinícolas que você precisa conhecer

O Estado do Paraná tem diversas opções para você se aventurar no mundo dos vinhos

duas taças de vinho tinto
Vinícolas no Paraná
Que o Brasil tem ganhado destaque internacional na produção de bons vinhos você provavelmente já sabe, mas e que o estado do Paraná tem diversas vinícolas que não só oferecem bons vinhos como também passeios para conhecer a fabricação dos rótulos?O enoturismo na região tem crescido cada vez mais e, além de acompanhar a produção da bebida, é possível andar pelos parreirais e almoçar em restaurantes dentro dessas propriedades.”Aqui na nossa região temos vinícolas que plantam as uvas e outras que optam por buscar a fruta em outras partes do Brasil. Mas o produto final, elaborado aqui mesmo, tem merecido destaque; inclusive em premiações nacionais e internacionais em concursos de grande relevância”, disse Thays Ferrão, coordenadora dos cursos de pós-graduação em Alimentos e Bebidas, da Universidade Positivo, em entrevista ao Jornal Metro.Confira cinco opções de enoturismo no Paraná.

Franco Italiano

Adega de vinhos

Localizada em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, a vinícola Franco Italiano fica há 40 minutos da capital paranaense e começou em 1973 com a produção de vinhos coloniais. Em 2000, passou a produzir vinhos finos, e 8 anos depois o reconhecimento veio com a premiação no Concurso Internacional de Vinhos do Brasil, com o rótulo Censurato Cabernet Sauvignon.

A Franco Italiano recebe visitas gratuitas, mas que devem ser agendadas previamente e são guiadas por um enólogo que explica todo o processo de elaboração das bebidas, incluindo espumantes. Há também um restaurante aberto aos sábados, domingos e feriados com comida franco-italiana.

Família Fardo

vinicola no Paraná

A vinícola Família Fardo é uma bela construção de pedras localizada em Quatro Barras, com foco na qualidade do vinho, de acordo com o proprietário, Ambrósio Fardo. “O vinho elaborado nessa vinícola não é para beber, simplesmente; é para saborear”, diz ele.

Há três roteiros que podem ser feitos dentro da propriedade, com agendamento prévio para a recepção de 10 a 20 pessoas. Os visitantes têm uma aula sobre a origem do vinho, o processo de elaboração, além de conhecerem mais sobre a história da vinícola e aproveitarem uma degustação acompanhada de pães e queijos.

Araucária

vinicola no Paraná

Localizada em São José dos Pinhais, sua construção se iniciou em 2008, e agora, com 4 hectares, cultiva Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Pinot Noir, Viognier, Nebbiolo e Teroldego.

Os vinhos tintos e espumantes da vinícola Araucária são batizados com nomes que homenageiam a cultura paranaense. O passeio enoturístico pode ser feito durante o ano todo e em época de colheita fica ainda mais agradável.

Dezem

A vinícola Dezem fica localizada na região oeste do Paraná, em Toledo, há 500 km de Curitiba. Fundada há 14 anos, a empresa familiar recebe visitantes gratuitamente em uma exposição guiada que inclui passeio por parreirais e caves subterrâneas com barris de carvalho, para fermentação dos espumantes.

Durante o tour há uma aula sobre tempo de envelhecimento, detalhes da produção e, no fim, degustação. Dentre as uvas escolhidas estão as brancas Chardonnay, Sauvignon Blanc e Malvasia de Cândia, e as tintas Merlot, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Tempranillo, Pinot Noir e Tannat.

Autora: Mariana Macedo

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados