Para os destemidos, aventuras

Extensão do Experiências tem preços a partir de 79 dólares e integra hospedagem e excursão longe de grandes cidades. Por Bruno Capelas, O Estado de S. Paulo

SAFÁRI DE SLOW FOOD NAS ILHAS GALÁPAGOS: a atração custa 3.500 dólares por pessoa para seis noites de hospedagem mais passeios de carro, barco e ônibus, várias refeições e equipamentos. A ideia é visitar produtores locais, conhecer o cultivo de perto e saborear comidas típicas, além de conhecer ilhas, fazer mergulhos e trilhas. Foto: Pixabay
SAFÁRI DE SLOW FOOD NAS ILHAS GALÁPAGOS: a atração custa 3.500 dólares por pessoa para seis noites de hospedagem mais passeios de carro, barco e ônibus, várias refeições e equipamentos. A ideia é visitar produtores locais, conhecer o cultivo de perto e saborear comidas típicas, além de conhecer ilhas, fazer mergulhos e trilhas. Foto: Pixabay

Desde meados de junho de 2019, o Airbnb oferece um novo produto. O Aventuras tem pacotes que incluem não só passeios e guias certificados, mas também hospedagem. É a primeira vez que a empresa oferece um produto integrado desta forma. “As Aventuras são experiências de múltiplos dias, normalmente longe de grandes cidades”, diz Joe Zadeh, vice-presidente da área de Experiências do Airbnb, em entrevista exclusiva ao Estado. “Nossa meta é tornar fácil ter uma experiência profunda, com preço acessível e que a maioria das pessoas não consegue achar no Google.”


ESPECIAL AIRBNB


Engenheiro do Airbnb, Zadeh vê o novo serviço como uma extensão natural de outro produto da empresa, o Experiências – atividades criadas pelos próprios usuários da plataforma. A prática do Aventuras é intimista: as excursões são realizadas para pequenos grupos de no máximo 12 pessoas. Os valores, promete o Airbnb, devem caber em todos os bolsos: de US$ 79, para uma viagem de uma noite, até mais de US$ 5 mil, por uma caminhada de 10 dias.

“HOJE, AS PESSOAS GASTAM MUITO DINHEIRO PARA CUMPRIR ITENS DE UMA LISTA, MAS NÃO ENTENDEM A CULTURA LOCAL. AS EXPERIÊNCIAS PODEM SER UM ANTÍDOTO AO TURISMO DE MASSAS”
Joe Zadeh, vice-presidente de experiências do Airbnb

Segundo a empresa, os pacotes são todos exclusivos da startup ou realizados por pequenos operadores locais. “Nós avaliamos todos os passeios oferecidos para saber se o anfitrião responsável tem de fato conhecimento sobre o assunto”, diz Zadeh. Além disso, a empresa também vistoria se as atividades – muitas envolvem turismo natural – têm níveis de segurança adequados. Assim como já acontece no serviço de hospedagem e em Experiências, os turistas podem deixar avaliações no sistema, o que ajuda a manter um nível de qualidade no longo prazo.

ANTÍDOTO

Na visão do executivo do Airbnb, o Aventuras é uma proposta para descentralizar o turismo global – que ele acredita estar “quebrado”. “Hoje, as pessoas gastam muito dinheiro para cumprir itens de uma lista de turismo, mas não entendem a cultura local”, diz ele. “As experiências podem ser um antídoto ao turismo de massas.” Apostar em turismo longe dos grandes centros pode diminuir os problemas para a empresa – em diversas cidades, nos EUA e na Europa, o Airbnb tem enfrentado reguladores e sido acusado de contribuir para aumento nos custos de aluguel para habitantes locais, bem como na gentrificação de bairros populares.

PASSAGENS AÉREAS

Oferecer pacotes de excursões também é um passo importante na trajetória do Airbnb para ter soluções completas – recentemente, a empresa contratou executivos para uma nova área de transportes. Especula- -se que a divisão poderá cuidar de passagens aéreas, uma peça importante do quebra-cabeça de viagens hoje em dia. “Não tenho detalhes, mas estamos animados para cuidar de todas as partes de viagem. É um sinal do futuro para nós.”

A TERRA É REDONDA: na fase inicial do Aventuras, o Airbnb apresenta um passeio em “edição limitada”. Com duração de 12 semanas, a chamada Volta ao Mundo em 80 Dias pretende recriar nos dias atuais a jornada de Phileas Fogg, protagonista do livro homônimo do francês Jules Verne. A viagem partirá de Londres no dia 1º de setembro de 2019. É uma das mais caras da plataforma: 4,4 mil euros. Foto: Pixabay
A TERRA É REDONDA: na fase inicial do Aventuras, o Airbnb apresenta um passeio em “edição limitada”. Com duração de 12 semanas, a chamada Volta ao Mundo em 80 Dias pretende recriar nos dias atuais a jornada de Phileas Fogg, protagonista do livro homônimo do francês Jules Verne. A viagem partirá de Londres no dia 1º de setembro de 2019. É uma das mais caras da plataforma: 4,4 mil euros. Foto: Pixabay

Receba mais conteúdo por e-mail


Posts relacionados