Serra Gaúcha: A Vinícola Aurora

A Vinícola Aurora, situada na cidade de Bento Gonçalves, é destino obrigatório para quem ama o mundo dos vinhos e passa pela cidade. Conheça mais sobre ela!

Vinícola Aurora

O Clube Paladar passou alguns dias visitando nossa principal região vinícola, a Serra Gaúcha. Um destino voltado para o enoturismo. Nosso objetivo foi descobrir novas experiências nessa região, que estão sendo oferecidos recentemente pelas vinícolas, e fogem dos destinos convencionais.

Começamos pelo centro de Bento Gonçalves, onde está sediada a maior cooperativa na produção de vinhos no Brasil, a Vinícola Aurora. Nela, são produzidos suco de uva, vinhos de mesa e também vinhos finos.  Sua fundação foi feita em 1931, por 6 famílias de produtores e, nos dias atuais, mais de 1.100 famílias produzem de forma cooperada 60 mil toneladas de uvas por ano.

Em nossa jornada,  percebemos a presença da Aurora logo que entramos na cidade. Era possível avistar caminhões que se enfileiravam para a entrega, deixando rastros e aromas pelos caminhos onde passavam.Com uma estrutura hercúlea, a estrutura pode suportar até 3 mil toneladas de uvas por dia e estocar 70 milhões de litros numa área de 110.000 m2.

Percorremos a vinícola com seus históricos tanques de concreto, e seus gigantescos tanques de inox e madeira, que por décadas produzem vinhos finos e espumantes de qualidade. O ponto alto da visita, culminou nas modernas e lindas barricas, loja ao consumidor e sala de degustação.

Finalizamos o tour com uma degustação do Aurora Chardonnay Reserva 2017 e da linha Aurora Pequenas Partilhas. A linha Aurora Pequenas Partilhas – Notáveis da América propõe uma experiência com as variedades representativas do continente sul-americano. São quatro vinhos de pequenas partilhas: Malbec argentino, Carmenère chileno, Tannat uruguaio, e o Cabernet Franc brasileiro. Com passagem por barricas de carvalho francês e americano por 6 meses, essa linha limitada buscou caracterizar o terroir sul-americano em cada vinho.Para fecharmos com chave de ouro, provamos um azeite extra virgem chileno que é o mais recente lançamento da linha Pequenas Partilhas. Ele equilibra a suavidade da Arbequina com o toque picante da Picual.

Se você está em Bento Gonçalves, conhecer a Aurora se torna um passeio obrigatório para os enófilos, já que a vinícola é a única  que se encontra inserida dentro da cidade. Para saber como visitá-la, clique aqui

Ciceroneados pela Rosana Pasini, gerente de Importação e Exportação, e pela Daniela de Lucas, gerente de Marketing, adicionalmente a essa visita, fomos convidados para uma experiência única, um churrasco harmonizado em um vinhedo próprio da cooperativa.  O lugar remetia a própria Itália, mas fica na Rota dos Vinhos de Montanha, em Pinto Bandeira. Pinto Bandeira já foi um distrito de Bento Gonçalves, mas recentemente se emancipou pela significativa atividade econômica.

Em uma paisagem deslumbrante de ciprestes e araucárias, com fundo de vinhedos de Chardonnay e rodeados por um lago espelhando, tivemos o grande prazer de conhecer o Sr. Mário Lanznaster ( presidente da cooperativa Aurora), e o Sr. Flávio Zílio ( enólogo-chefe, que foi eleito o Enólogo do Ano 2016 pela ABE – Associação Brasileira de Enologia, e que gerencia e atua a 20 anos a área técnica da Vinícola Aurora).

Depois de um feliz brinde com o espumante Aurora Extra Brut IP Pinto Bandeira 24 meses, método tradicional (Champenoise), elaborado com Chardonay, Pinot Noir e Riesling Itálico, almoçamos na casa de pedra,sede da propriedade. Lá, tivemos a oportunidade de ouvir histórias e aprender com a experiência dos nossos ilustres anfitriões. Durante o almoço apreciamos o Aurora Reserva Merlot Rosé 2017, o Aurora Pinot Noir Pinto Bandeira IP 2016, o Aurora Colheita Tardia Malvasia 2017, e o excelente Aurora Cabernet Sauvignon Millésime 2012, vinho ícone da Aurora que consagra o trabalho e esforço de todos da cooperativa com a regência do Flávio Zilio.

Terminamos o segundo dia felizes com a belíssima experiência. É gratificante ver como estamos evoluindo na produção do vinho, no Brasil.

Texto e Fotos: Marcelo Soares, executivo de Tecnologia da Informação e Comércio Eletrônico, matemático, carioca de nascença e paulistanos de coração, estudioso de vinhos desde 1998. Participa de diversas confrarias, cursos, eventos e viagens enófilas.

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados