Sororoca na manteiga de ervas

Faça em casa essa receita simples e deliciosa, a partir de um pescado fresco, assado e com manteiga de ervas

O Clube Paladar esteve na Ilhabela, próxima a São Sebastião, no litoral paulista, em Julho de 2018, visitando pontos turísticos e restaurantes. Deixamos São Paulo com a incumbência de procuramos pelo Tonhão, um chef que vive em Ilhabela e que, segundo nossas informações, poderia nos ajudar. Uma vez lá, sem que mencionássemos o seu nome, alguns disseram: “Sobre a culinária da ilha, vocês têm de falar com o Tonhão”. Fomos encontrá-lo, atarefado, no aprazível Espaço Tangará, um restaurante situado na bela praia de Jabaquara, um pouco mais afastada do burburinho central da Ilhabela. Ele nos recebeu com um sorriso largo e muito solícito. Contou que, já trabalhando na gastronomia, foi viver na França e trabalhar em restaurantes, onde aprendeu muita coisa. De uma humildade e gentileza incomuns, e sempre sorrindo, ele nos pediu um tempinho e saiu, enigmático. Dali a pouco, voltou trazendo algumas iguarias, dentre elas uma aromática sororoca ao forno com batatas e manteiga de ervas.

A Sororoca é um peixe frequente nas águas das regiões Sul e Sudeste, principalmente nos meses do Outono e do Inverno, mas também aparecem com certa frequência noutras regiões e estações. Por esse motivo, é possível encontrar o Scomberus maculatus (o pomposo nome científico deste peixe), eventualmente ao longo de quase todo o ano. Na Espanha, é chamado de “spanish mackerel”. É um peixe migratório da família dos atunídeos, primo do atum, da sardinha, da cavalinha e do nórdico Mackerel. Sua carne é firme e de sabor extraordinário. De cor rosa claro, não é tão branca como a do robalo, da corvina ou da pescada, mas depois de preparada fica branquinha e deliciosa. Ainda é um peixe pouco conhecido e não muito divulgado, por isso não é caro. Essas características fazem da sororoca um pescado versátil, indicado para preparos variados. Assada, na grelha ou numa moqueca.
O Clube Paladar testou essa receita com dois vinhos que harmonizaram muito bem.

RECEITA
Sororoca na manteiga de ervas
(pode ser outro pescado disponível, como robalo, corvina, bicuda ou anchova)
Rendimento: 2 porções
INGREDIENTES
1 peixe espalmado de aproximadamente 600 ou 700 g, cortado em duas bandas
Suco de ½ limão
50 g de manteiga de ervas
150 g de batata souteé
1 porção de arroz branco
Sal e pimenta-do-reino a gosto

PREPARO
1 – Tempere o peixe com limão e sal e passe levemente na farinha de trigo. 2 – Grelhe na chapa por 3 minutos de cada lado. 3 – Retire e leve ao forno em temperatura média, por 4 minutos, juntos com as batatas souté. 4 – Monte como na foto e sirva em uma travessa comprida com as batatas. Corte 4 fatias generosas de manteiga congelada e coloque sobre o peixe. 5 – Sirva em uma panelinha de barro a porção de arroz.
Ingredientes manteiga de ervas
200 g de manteiga sem sal de boa qualidade
2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
Ervas frescas de sua preferência (alecrim, manjericão, sálvia, sementes de mostarda)

Preparo manteiga de ervas
1 – Ponha a manteiga e o azeite numa panelinha em fogo baixo. Aqueça e derreta a manteiga, sem deixar erguer a temperatura. 2 – Coloque as ervas frescas e mexa gentilmente, deixando-as cozinhar uns 3 minutos na manteiga aquecida, cuidando sempre para não aquecer demais e escurecer a manteiga. 3 – Desligue o fogo e deixe esfriar. 4 – Coloque a manteiga com um pouco das ervas em forminhas de plástico e leve ao congelador. 5 – Corte lâminas da manteiga congelada e disponha sobre o peixe tal como na receita. Sirva imediatamente com arroz branco ou uma farofinha.

BOX VINHO 1
Churchill’s Estate Douro Branco 2015 (R$100)
PAÍS: Portugal
REGIÃO: Douro
UVAS: 70% Rabigato, 30% Viosinho
ÁLCOOL: 13%
PRODUTOR: Churchill Graham
Um blend excepcional do Douro, que exibe todo o frescor e vivacidade do vinho branco português, expressão de duas uvas de grande potencial e nomes pouco conhecidos. Aromas cítricos, como lima ou abacaxi e, no paladar, grande frescor e acidez perfeita. Versátil, esse vinho foi muito bem com a sororoca na manteiga de ervas, assim como um amplo leque de pescados na grelha, saladas e queijos de massa mole.

BOX VINHO 2
Victoria Geisse 2017 (R$68)
PAÍS: Brasil
REGIÃO/SUBREGIÃO: Serra Gaúcha / Pinto Bandeira
UVAS: 75% Chardonnay e 25% Pinot Noir
ÁLCOOL: 12%
PRODUTOR: Cave Geisse
Um espumante de método tradicional e excepcional custo-qualidade. Muito refrescante, tem aromas de frutas brancas, como maçã verde e notas florais. Com borbulhas finas e persistentes, no paladar é cremoso, com viva acidez e boa persistência. Ficou ótimo com o pescado ao forno, e é perfeito para comidas leves, frutos do mar, saladas, cuscuz marroquino, steak tartar, snacks, carnes curadas, embutidos, para brindes e celebrações.
Frase rodapé
Os vinhos recomendados para acompanhar essa receita estão disponíveis em www.clubepaladar.com.br

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados