4 viagens imperdíveis de fim de semana para aproveitar o verão

Para quem só pode curtir o verão aos fins de semana, mas ainda quer viajar, destinos próximos oferecem opções para todos os gostos

viagens baratas

Viagens de fim de semana são uma maneira simples e barata de aproveitar a chegada do verão. Para quem não pode se ausentar por muito tempo ou prefere economizar, destinos nacionais acessíveis surpreendem pela beleza e diversão, além de serem fáceis de explorar em apenas 2 dias.

Na cidade, na praia ou no campo, não faltam opções para aproveitar os fins de semana de sol e calor. Confira a seguir algumas sugestões para aproveitar a estação.

1. Trindade, Paraty (RJ)

Praia do meio em Trindade. (Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Trindade é um pequeno vilarejo caiçara no município de Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro. Colado ao Parque Nacional da Serra da Bocaina, é cercado de mata virgem, cachoeiras e belas praias. Entre as atrações se destacam a Praia do Meio, a Pedra que Engole e a Praia do Cachadaço, onde se pode acessar uma piscina natural, além de trilhas na mata. A vila também é ponto de partida para praias mais selvagens, como a Brava.

O local tem boa infraestrutura de alojamento e alimentação, com opções variadas de restaurantes, pousadas, acampamentos e alguns hostels. No entanto, atenção: não há caixa eletrônico, então é necessário levar dinheiro ou ir até as agências bancárias no centro de Paraty.

São aproximadamente 6 horas de viagem saindo de São Paulo ou da capital fluminense. A vila é acessível por estrada asfaltada e há uma linha regular de ônibus que liga Trindade ao centro de Paraty.

2. Inhotim, Brumadinho (MG)

(Fonte: Pixabay)

Inhotim, maior centro de arte contemporânea a céu aberto do mundo, fica na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais. Para conhecer o vasto acervo espalhado por 20 galerias são necessários 2 dias. Além das obras de arte, o centro é rodeado por um amplo jardim botânico.

Para a visita é necessário se hospedar em Brumadinho. De terça a domingo, um ônibus liga a rodoviária de Belo Horizonte a Inhotim, uma opção para quem também quer aproveitar a capital mineira.

O local, apesar do rompimento de uma barragem próxima em 2018, segue de portas abertas. Há visitas monitoradas, restaurantes e transporte interno para as obras mais distantes.

3. Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (SP)

(Fonte: Governo do Estado de São Paulo/Divulgação)

Próximo à divisa entre São Paulo e Paraná está localizado o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira. Em plena Mata Atlântica, o espaço oferece atividades para quem gosta de esportes radicais, caminhadas, ciclismo e Boia Cross, a especialidade local. Para quem só quer se refrescar não faltam belas cachoeiras.

Pela natureza selvagem do local, é necessário o acompanhamento de um guia, que deve ser agendado. Não há muitas opções de alimentação, porém as pousadas oferecem pacotes combinados com antecedência.

São 320 quilômetros desde São Paulo, que podem ser feitos de carro ou ônibus. As cidades de Iporanga e Apiai são as bases para a visita, e o Bairro da Serra tem opções de hospedagem próximas ao parque. Para quem vai de ônibus, linhas locais deixam o visitante no Bairro da Serra, mas é importante se atentar aos horários limitados.

4. Águas de Lindóia (SP)

(Fonte: Shutterstock)

Para os menos aventureiros, uma boa opção é a pequena Águas de Lindóia, no interior paulista. A 170 quilômetros da capital, a cidade faz parte do Circuito das Águas e conta com um parque de águas termais e um balneário municipal.

Além das atrações aquáticas, é possível fazer passeios a cavalo, comprar artesanato típico do interior e provar a culinária caipira nos ranchos. No centro da cidade há bons hotéis e pousadas; da praça central, onde há um lago, saem pequenos trens que levam a pontos de interesse.

A cidade é facilmente acessível de carro ou de ônibus a partir da capital paulista, e a viagem dura cerca de 2 horas e meia.

 

Autoria: Flávio Motta Coutinho.

Receba mais conteúdo por e-mail

Veja mais sobre

Posts relacionados